in

Dória toma coragem e fala o que muitas pessoas pensam sobre imagens de policial agredindo mulher; é bem forte

Imagens mostram um policial militar pisando no pescoço de uma mulher negra de 51 anos na Zona Sul de SP. Policiais foram afastados.

G1 / Montagem

Neste domingo, 12 de julho, o programa Fantástico, da TV Globo, mostrou imagens que mostram uma agressão à uma mulher em Parelheiros, na Zona Sul da cidade de São Paulo. Nas imagens, após uma confusão em um bar, um policial chega a colocar um dos pés na vítima e até sobe em cima dela com um pé, colocando todo o seu peso na mulher.

Publicidade

As imagens também mostram ele arrastando a dona do bar. Ela disse que teria sofrido outras agressões que não chegaram a ser flagradas em vídeos feitos por cinegrafistas amadores. Em suas defesas, os policiais que trabalhavam na abordagem disseram que a mulher estava descontrolada e que teria agredido eles com uma barra de ferro.

A vítima negou e disse que quem teria arrancado a barra de ferro do bar teria sido um dos policiais. As imagens acabaram lembrando o caso Geoge Floyd, que foi morto asfixiado nos Estados Unidos. 

Publicidade

O caso teve tanta repercussão que o governador de São Paulo, João Dória, falou sobre as imagens, como mostra uma matéria publicada nesta segunda-feira, 13 de julho, no portal de notícias G1. 

Publicidade

“Os policiais militares que agrediram uma mulher em Parelheiros, na Capital de SP, já foram afastados e responderão a inquérito. As cenas exibidas no Fantástico causam repulsa. Inaceitável a conduta de violência desnecessária de alguns policiais. Não honram a qualidade da PM de SP”, disse o governador, que pouco depois da repercussão do caso fez questão de se posicionar por meio das suas redes sociais. O caso ainda é apurado pela polícia de São Paulo. 

Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.