in

Presidente do PT em diretório do RJ causa polêmica e vídeo viraliza: ‘Trabalhar muito e roubar pouco’

Homem gerou revolta nas redes sociais após apresentar “princípio” de trabalho como político.

Reprodução - Facebook

Responsável por presidir o diretório do Partido dos Trabalhadores (PT) em Laje do Muriaé, no interior do Rio de Janeiro, Liedio Luiz Silva, se envolveu em uma polêmica que culminou no seu afastamento. Em uma live realizada, ele acabou viralizando e sendo alvo de inúmeras críticas ao dizer que tem como princípio “fazer muito e roubar pouco”, traçando planos para as eleições deste ano.

Publicidade

Arrependido das declarações ocorridas no último domingo (5), Liedio se pronunciou nesta sexta-feira (10), afirmando que acabou se equivocando por conta do nervosismo, e tirou licença da direção do PT por tempo indeterminado. O PT-RJ também se posicionou sobre o caso, dizendo que o diretor cometeu um erro, enrolando-se nas palavras. O partido ainda soltou uma nota oficial explicando o ocorrido.

Suplente de vereador na cidade de Laje do Muriaé, Liedio Luiz abordava na live a importância história do Partido dos Trabalhadores, e por fim reiterou o “compromisso” curioso com a população.

Publicidade

“E nós vamos, sim, estar engajados nessa eleição de 2020 em Laje do Muriaé, com nossos companheiros, nossos candidatos a vereador, nosso futuro prefeito Netinho, se Deus quiser, e com a população. Porque nós não vamos abrir mão dos nossos princípios. Qual é o princípio? melhoria do nosso município. E fazer muito e roubar pouco”.

Publicidade


A declaração de Liedio teve uma enorme repercussão, o que impactou no seu pedido de desculpas, bem como o afastamento, definido por ele mesmo.

Publicidade

Eleições

Por conta da pandemia do novo coronavírus, o pleito das Eleições Municipais foi prorrogado, sendo fixado para acontecer no mês de novembro. Os postulantes à eleição terão até o dia 26 de setembro para registrarem suas registrar suas respectivas candidaturas.

Publicidade
Publicidade
Publicidade