in

Menina de 7 anos entrega cartinha à PM, após pai ficar desempregado: ‘Estamos passando fome’

Bilhete de 30 linhas foi entregue a policiais militares; grupo arrecadou doações para família.

G1

Uma história contada em uma carta por uma menina de apenas sete anos comoveu o Distrito Federal. A menina decidiu escrever uma cartinha pedindo socorro à polícia militar. No entanto, a garotinha não estava sendo vítima de nenhum crime, mas sim de uma situação cada vez mais comum no país. Ela viu o pai perder o emprego e, com isso, sua família passava dificuldades. 

Publicidade

O pai da garota perdeu o emprego em virtude da pandemia de coronavírus e, com isso, a menina não pensou duas vezes e pegou uma folha de caderno e escreveu um texto falando sobre as dificuldades. A história comoveu à PM do Distrito Federal e foi contada pelo DFTV 1ª Edição, telejornal local da Globo na capital federal. 

“Estamos passando fome’, diz um dos trechos da carta, que é desoladora. Os policiais que receberam a carta da menina ficaram tão comovidos, que decidiram se unir para ajudar a família da garota, contando toda a história escrita por ela. A campanha deu certo e muitas pessoas, sensibilizadas com o fato, ajudaram a menina e sua família com doações. 

Publicidade

A quantia foi tanta que cerca de cinco mil quilos de alimentos foram arrecadados. Com isso, além da família da garota que escreveu a carta no Distrito Federal, outras famílias necessitadas também serão ajudadas. 

Publicidade

Publicidade

“Quantas vezes mamãe e papai saíram para pedir o que comer na rua só para não ver a gente passando fome, nem todos ajudam, mas eu tenho fé que Deus vai colocar pessoas boas no nosso caminho”, diz um dos trechos da carta, que é comovente. Além de comida, a menina e sua família receberam roupas e brinquedos. 

Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.