in

Após prisão do dono, loja Ricardo Eletro fala em ‘honestidade’ no comunicado

Fundador da Ricardo Eletro foi preso em SP em operação contra sonegação fiscal em MG.

Divulgação /

Nesta quarta-feira, 8 de julho, o dono de uma das maiores lojas de varejo do Brasil, Ricardo Nunes, proprietário da Ricardo Eletro, foi preso em uma operação realizada no estado de São Paulo. Ele é acusado de sonegar impostos durante os últimos anos. A quantia chegaria a quase R$ 400 milhões. 

Publicidade

Laura Nunes, filha de Ricardo Eletro, também está entre os presos. O dono da empresa é acusado de usar parentes para colocar nomes de propriedades e ajudar assim a fazer a sonegação de impostos. A operação foi intitulada ‘Direto com o dono’, usando um bordão do próprio empresário em propagandas voltadas à televisão em que Ricardo Nunes aparece. 

Poucas horas após a prisão do dono, a Ricardo Eletro publicou um comunicado em que fala de problemas financeiros e que as lojas estariam em tentativa de recuperação judicial desde o ano de 2017. Ela fala ainda em honestidade no comunicado. 

Publicidade

“A Ricardo Eletro mantém firme seu principal compromisso com o cliente: honestidade. Nosso objetivo é levar alegria e ajudar na realização de pequenos sonhos, através de ofertas e oportunidades que tornam acessíveis nossos produtos e serviços”, diz um trecho do comunicado ao falar sobre o tema. 

Publicidade

Veja abaixo o post oficial da empresa Ricardo Eletro, após a prisão do dono, acusado de sonegar impostos e dar um prejuízo ao governo federal de quase R$ 400 milhões. 

Publicidade

O delegado que investiga o caso, Vitor Abdala, deu uma entrevista ao G1 sobre o tema. “O investigado se apropriou indevidamente do tributo. Em contrapartida, seu patrimônio só crescendo”, disse o delegado ao falar sobre a investigação.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.