in

Mãe foi demitida por não conseguir ‘manter filhos em silêncio’ durante ligações do trabalho

A mãe de duas crianças pequenas resolveu usar o seu perfil na web para fazer um desabafo sobre o caso.

Crescer

Uma mãe afirmou que foi demitida do seu trabalho e o motivo gerou grande indignação nas redes sociais. A pandemia do novo coronavírus mudou completamente a rotina da população no mundo inteiro. Por causa do vírus, uma das medidas para conter sua proliferação foi o isolamento social.

Publicidade

Isso fez com que as aulas fossem suspensas e muitas atividades não essências deixaram de funcionar. Para driblar a situação, muitas empresas adotaram o home office para os seus funcionários. Contudo, trabalhar dentro de casa tem sido um desafio especial para muitas pessoas, principalmente para as mamães.

Adequar a nova rotina não tem sido uma tarefa muito fácil. Isso ficou bem claro para uma mamãe que mora na Califórnia, nos Estados Unidos. Dris Wallace usou o seu perfil na rede social para fazer um desabafo sobre o assunto. A americano alegou que perdeu o emprego por não ter conseguido manter os filhos em silêncio durante as ligações de trabalho.

Publicidade

Ela é mãe de duas crianças pequenas, um de quatro aninho e outro de apenas um ano. A americana disse que o chefe não gostava nada de escutar as crianças ao fundo. De acordo com Dris, ela teria sido convocada a comparecer ao departamento de recursos humanos e ao chegar lá foi informada da demissão.

Publicidade

“Ele queria que eu descobrisse um jeito de eles (os filhos) ficarem quietos. Fui até o RH com provas do que estava acontecendo nos últimos três meses e fui demitida!”. “Nos últimos 3 meses, trabalhei 24 horas por dia em casa, cuidando dos meus dois bebês. Eu cumpri todos os prazos que eles [da empresa] me pediram, até mesmo os irreais. A situação que enfrentei nos últimos três meses vai além do estressante”, desabafou na rede social a mãe.

Publicidade

A americana ainda revelou que a empresa ofereceu dinheiro para que não falasse sobre o caso, porém ela afirma que negou. Dris afirmou que nenhuma mulher deveria passar por esse tipo de situação e não deveria ser discriminada, especialmente na situação que o mundo atravessa.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Shyrlene Souza

Redatora na web desde 2016, formada em ciências contábeis, apaixonada pela redação desde criança. Escrevo sobre assuntos diversos, famosos, maternidade e notícias que se destacam no Brasil e no mundo.