in

Homem morre ao ser baleado pela polícia; ele carregava cabeça de um ‘inimigo’ em saco plástico

Homem não teve a identidade revelada e caminhava pelas ruas de bairro de SP com a cabeça no saco plástico.

Reprodução: G1

Uma cena de filme de terror aconteceu na cidade de São Paulo, na última sexta-feira (3). Um homem circulou pelas ruas do bairro Vila Leopoldina, na zona oeste da capital paulista, com um saco plástico. Dentro, ele carregava partes do corpo de outro homem, que havia sido morto por ele.

Publicidade

Comerciantes da região ficaram espantados com ocorrido e chamaram a polícia. O homem foi abordado pelos policiais militares, portava uma faca e ficou dominado por alguns minutos, no asfalto. Um segundo carro da PM foi chamado para atender a ocorrência e ajudar na abordagem.

Quando o segundo veículo com mais policiais chegou ao local, o homem que estava dominado aproveitou a distração, levantou e pegou uma cabeça dentro do saco plástico. Ele andou até a calçada ao lado exibindo a cabeça. O suspeito acabou baleado pela PM. Câmeras de celulares de pessoas que acompanhavam o caso filmaram a ação (os vídeos não serão exibidos aqui).

Publicidade

Homem é socorrido, mas morre em hospital

Após ser baleado pela PM, o homem foi encaminhado ao Pronto-Socorro da Lapa, também na zona oeste, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. O caso foi registrado no 91º Distrito Policial, na região do Ceagesp. Agora, a polícia quer saber de quem era a cabeça que estava dentro do saco plástico.

Publicidade

Acredita-se que seja de um inimigo do homem que carregava o saco plástico. A Secretaria de Segurança Pública (SSP) emitiu nota dando detalhes do caso. As identidades do homem baleado e do corpo encontrado não foram reveladas pelas autoridades competentes.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!