in

Mulher de João Dória diz que não é correto dar comida para mendigo, porque ele ‘gosta de ficar na rua’

Primeira-dama de São Paulo polemizou ao falar sobre a situação do povo de rua.

Folha

A primeira-dama do estado de São Paulo, Bia Dória, provocou polêmica ao falar sobre a situação dos moradores de rua do estado. Presidente do Fundo Social de São Paulo, Bia Dória deu uma entrevista para Val Marchiori e disse que não acha correto pessoas que ajudam os moradores de rua com comida e roupa.

Publicidade

Para ela, o correto é conscientizar essas pessoas de saírem da rua. Bia Dória não explicou como mendigos viveriam sem comida ou roupas, até que essa conscientização fosse realizada. Segundo a esposa do governador João Dória, o morador de rua a gosta de ficar na rua”. 

Para Bia Dória, a situação é confortável para os que vivem nas ruas. Ela ainda disse que as ruas de São Paulo seriam “atrativas”. “A pessoa quer receber comida, roupa, uma ajuda, e não quer nenhuma responsabilidade. Isso está muito errado”, disse ela sobre o tema, continuando na sequência: “Se a gente quer viver em um país…”, disse a primeira-dama de São Paulo, que chegou a ser interrompida por Val Marchiori, que concordou que todos precisam ter responsabilidades.

Publicidade

Bia Dória é atacada nas redes sociais, após comentários polêmicos contra moradores de rua

“A primeira dama de São Paulo, Bia Dória, dizendo que as pessoas GOSTAM DE FICAR NA RUA. Quem é que não gosta de passar frio e fome, não é mesmo?”, comentou um dos internautas sobre o assunto, como pode ser visto no post abaixo.

Publicidade

Nas redes sociais, outros comentários contra a primeira-dama do estado de São Paulo prosseguiram. O nome dela é um dos mais tweetados das redes nesta sexta-feira, dia 03 de julho.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.