in

Covid-19: em reabertura do comércio, RJ tem bares lotados e multidão no Leblon debocha do coronavírus

Em meio à pandemia de Covid-19, pessoas lotam bares no Leblon e xingam o coronavírus

Reprodução/Twitter

Em meio à pandemia da Covid-19, a prefeitura do Rio de Janeiro decidiu liberar o comércio de rua, mesmo com mais de 116 mil infectados pelo novo coronavírus no estado. Com bares e restaurantes oficialmente abertos, o caos se instalou no Leblon nesta quinta-feira (02), logo na primeira noite de reabertura.

Publicidade

Nas redes sociais, internautas compartilharam vídeos da aglomeração no Leblon, e o assunto foi parar entre os mais comentados do Brasil no Twitter. Nas imagens, é possível reparar que a maioria das pessoas estava sem máscara e sem respeitar as recomendações de distanciamento social.

Em um dos vídeos divulgados, um homem filma a multidão e diz que ‘tudo está voltando ao normal, graças a Deus’. Além disso, ele xinga a doença e o uso de máscara. Em outra gravação, uma mulher debocha da pandemia porque quase todos no local ignoram as medidas protetivas contra o coronavírus.

Publicidade

Hoje é dia 2 de julho, primeiro dia da liberação dos bares no Rio de Janeiro, a gente está aqui na Dias Ferreira, e está realmente todo mundo de máscara, olha...”, ironiza a mulher.

Publicidade

Internautas se revoltam com desrespeito às normas de prevenção à Covid-19 no Leblon

No Twitter, internautas ficaram chocados com as imagens e fizeram duras críticas aos envolvidos. Até o influenciador Felipe Neto, por exemplo, manifestou sua revolta com a aglomeração de pessoas.

Publicidade

A burguesia carioca me derrotou. Eu não consigo mais não desejar o mal ao próximo depois das imagens de hoje no Leblon. Eu falhei como ser humano“, publicou ele.

Publicidade