in

Mãe desabafa ao ter bebê de 1 ano ser resgatado com vida após queda de árvore destruir sua casa: ‘foi milagre’

A família estava no sofá quando a casa em Florianópolis foi destruída por queda de uma árvore.

Divulgação/G1

O ciclone bomba que atingiu a região sul do país deixou um rastro de destruição e morte por onde passou. Pelo menos nove mortes foram contabilizadas pelas autoridades, fora os prejuízos materiais que muitas pessoas tiveram. Em meio ao caos instalado, uma criança foi resgatada com vida. 

Publicidade

Uma criança de apenas um ano e meio foi resgatada apenas escoriações leves, após ter ficado alguns minutos debaixo dos escombros de uma residência atingida por uma árvore em Florianópolis. O fato aconteceu nesta última terça-feira, 30 de junho, depois que o local foi atingido pela passagem do ciclone bomba.

A mãe do menino, que está grávida de sete meses, o pai e o irmãozinho de quase três anos, conseguiram escapar, mas passaram o maior susto quando não conseguiram encontrar o bebê de imediato. “Meu marido me puxou junto com o mais velho e na hora que olhei, a última imagem foi dele sentadinho no sofá olhando para mim e não vi mais nada, só viga e galhos em cima dela. Foi um milagre, poderia ser uma catástrofe”, desabafou Valentina Aldana Lapaz, mãe do pequeno Caleb.

Publicidade

A fatalidade aconteceu um pouco depois das 16h de terça-feira. No momento da tragédia, a mãe, o pai e os dois filhos estavam sentados no sofá da sala e foram pegos de surpresa com a queda da árvore. Victor Tadeu, o pai da criança, disse que conseguiu sair de baixo dos galhos e de alguns escombros, mas não conseguiam encontrar o filho de um ano e meio.

Publicidade

Os vizinhos foram até o local para ajudar os pais na busca da criança, inclusive, um tio do menino, Gabriel da Silva Paulo.
O tio conseguiu achar o menino para alívio de todos os familiares. “Vi que ele estava bem, que ele olhou para mim. Tirei os tijolos e a viga enorme que tinha em cima dele. Nossa, foi por Deus mesmo”, contou Gabriel. 

Publicidade

Com o auxílio de um vizinho e do pai da criança, eles conseguiram tirar as vigas e foram para um lugar seguro. O pequeno teve apenas um pequeno arranhão na cabeça e na perna, e felizmente tudo acabou bem. O restante dos familiares não se machucaram no incidente.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Shyrlene Souza

Redatora na web desde 2016, formada em ciências contábeis, apaixonada pela redação desde criança. Escrevo sobre assuntos diversos, famosos, maternidade e notícias que se destacam no Brasil e no mundo.