in

Biscoito Globo fecha sua fábrica pela primeira vez em 67 anos de história

As praias do Rio de Janeiro correm o risco de perder o biscoito patrimônio devido à crise do coronavírus.

Reprodução / Internet

Coronavírus tem feito muitas vítimas diretamente e indiretamente, o Rio de Janeiro é o segundo estado do Brasil que mais tem sofrido com a pandemia, uma outra preocupação são as demissões que vão vir pós pandemia, muitas empresas já declararam falência, outras mandaram funcionários embora, um verdadeiro caos financeiro.

Publicidade

Biscoito Globo mais famoso do país fecha sua fábrica em 67 anos de história

Em 67 anos de história um ícone das praias cariocas vive seus piores dias, o Biscoito Globo sumiu das prateleiras dos mercados na cidade, a quarentena fez a fábrica do biscoito fechar suas portas, situação jamais vista em toda sua existência.

Publicidade

Publicidade

As praias do Rio de Janeiro correm o risco de perder o biscoito patrimônio devido à crise do coronavírus

Um dos donos da empresa, Marcelo Ponce, disse que a fábrica fechou em março por conta da pandemia do coronavírus, com as praias vazias e escolas fechadas as vendas foram a quase zero, a fábrica do biscoito globo fica na rua do Senado, centro do Rio.

Publicidade

Marcelo Ponce disse que é a pior crise de toda história da empresa, ele informou que tinha uma produção diária de cinco mil unidades, e lamentou a atual situação, disse que colocou todos os funcionários, a maioria deles idosos, em férias coletivas, e que está tentando renegociar dívidas com fornecedores. Marcelo informou que a fábrica está fechada e sem atendimentos, mas quando há algum pedido especial ele convoca três funcionários e faz pequena produção.

O biscoito de polvilho mais famoso do Brasil não tem data para voltar às praias cariocas, e a grande preocupação dos donos da empresa é não decretar falência, a esperança é a pandemia do coronavírus retroceder. A quarentena no estado do Rio de Janeiro foi estendida até o dia 14 de março.

Publicidade
Publicidade