in

Sérgio Moro e Jair Bolsonaro voltam a trocar mensagens após demissão em ministério

O ex-ministro da Justiça rebateu o presidente, recordando o apoio prestado a Jair Bolsonaro durante as investigações do assassinato de Marielle.

Sergio Lima/Poder360

O presidente Jair Bolsonaro se manifestou neste sábado (25), em suas redes sociais, voltando a falar a respeito da saída de Sérgio Moro do Ministério da Justiça. O ex-juiz da Lava Jato aumentou a polêmica entorno de sua demissão, ao divulgar para a imprensa capturas de telas de mensagens trocadas com o presidente e com a deputada federal Carla Zambelli.

Publicidade

Presidente faz menção a Moro pelas redes sociais

Jair Bolsonaro não questionou em momento algum a veracidade das mensagens trocadas com o então ministro. Todavia, recordou o apoio dado a Sérgio Moro na época do polêmico vazamento de mensagens atribuídas ao ex-juiz federal, que poderiam comprometer a integridade das investigações ao longo da Operação Lava Jato.

Por meio de suas redes sociais, Jair Bolsonaro insinuou que os vazamentos promovidos pelo site Intercept tinham como objetivo denegrir a reputação de Sérgio Moro, além de manchar a credibilidade do processo. Para ilustrar a publicação, o presidente recordou uma antiga foto na qual aparece abraçando Moro, indicando o apoio ao ex-juiz na época.

Publicidade

Sérgio Moro responde Jair Bolsonaro

Diante do recado, Sérgio Moro não titubeou, e deu sua resposta ao presidente da República. Ele recordou que também havia dado apoio para Jair Bolsonaro em ocasiões na qual foi injustamente atacado. “Mas preservar a Polícia Federal de interferência política é uma questão institucional, de Estado de Direito, e não de relacionamento pessoal”, salientou o ex-ministro.

Publicidade

Juntamente com a publicação, Sérgio Moro compartilhou a seguinte legenda: “Moro pede que a Procuradoria Geral da República e a Polícia Federal investiguem o depoimento do porteiro”. O texto faz clara referência ao depoimento prestado pelo porteiro do imóvel de Jair Bolsonaro no Rio de Janeiro, durante o andamento das investigações do assassinato da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Henrique Furtado

Henrique Furtado é um redator com vasta experiência no jornalismo online. Solidificou sua carreira com coberturas marcantes sobre os principais acontecimentos no Brasil e no mundo ao longo da última década. Suas especialidades englobam desde os bastidores da política, versando por esportes, atualidades e, claro, tudo o que acontece no mundo dos famosos. Está sempre ligado para entregar, em primeira mão, as últimas novidades para os seus leitores, 24 horas por dia, 7 dias por semana, 365 dias por ano.

Contato: henriquefurtado.jornalista@gmail.com