in

TRT-PE revoga decisão e Metrô do Recife vai operar normalmente

Desembargadora determinou continuidade dos serviços de transporte metroviário; modelo catraca livre também foi anulado.

Foto: Reprodução/TV Globo

O TRT (Tribunal Regional do Trabalho) da 6ª região de Pernambuco, decidiu nesta quarta-feira, 25 de março por revogar a decisão que restringia o acesso dos trabalhadores considerados essenciais ao Metrô do Recife. Foi determinada a continuidade dos serviços de transporte metroviário; modelo catraca livre também foi anulado.

Publicidade

Agora, com a revogação, além do sistema voltar a operar normalmente, será necessário por parte dos gestores para evitar a propagação do novo coronavírus a distribuição de material de proteção individual aos funcionários, que inclui álcool em gel, luvas e máscaras.

O Sindicato dos Metroviários de Pernambuco (Sindimetro) havia solicitado anteriormente a paralisação do sistema, o que foi acatado de forma parcial pelo TRT-PE. Após a decisão, A CBTU (Companhia Brasileira de Trens Urbanos) recorreu da decisão.

Publicidade

A desembargadora Gisane Barbosa de Araújo foi quem determinou a continuidade dos serviços de transporte metroviário prestados pela CBTU.

Publicidade

“O sistema deve atender tanto os trabalhadores que estão exercendo atividades relacionadas aos serviços essenciais, quanto os cidadãos que necessitem recorrer a esses serviços, desde que os deslocamentos sejam “indispensáveis ao atendimento das necessidades inadiáveis da comunidade”, disse a desembargadora.

Publicidade
Publicidade
Publicidade