in

Coronavírus: empresários de Uberlândia estudam medidas para reduzir impacto econômico

Presidente da Aciub sugere reabertura progressiva do comércio em Uberlândia.

Foto: Artur Ribeiro

Empresários de Uberlândia ligados a entidades empresariais fizeram uma reunião na tarde desta quarta-feira, 25 de março, com o objetivo de discutir quais medidas irão tomar para reduzir os possíveis impactos da pandemia de coronavírus.

Publicidade

As solicitações abrangem as áreas tributárias e trabalhistas para que a prevenção a Covid-19 seja feita para também diminuir os impactos econômicos.

Como medida de prevenção diante da escassez de álcool em gel no mercado, foi solicitado a liberação para comercializar o álcool etílico hidratado (70%) como alternativa à higienização.

Publicidade

Uma das recomendações destacadas pelo presidente da Associação Comercial e Industrial (Aciub), Paulo Romes, é a reabertura gradativa do comércio de Uberlândia. Ele sugere que serviços de auto mecânicas voltem a funcionar já a partir da próxima segunda-feira, 30 de março. As demais atividades, segundo a sugestão, retornaria na semana seguinte.

Publicidade

“Nós defendemos a volta das atividades de forma gradativa, seguindo as recomendações de prevenção, pois o fechamento do comércio não é garantia de preservação da vida das pessoas”, disse Romes.

Publicidade

A Prefeitura de Uberlândia ainda não se pronunciou sobre a solicitação.

Publicidade
Publicidade
Publicidade