in

Coronavírus: ministro da saúde anuncia o uso de hidroxicloroquina em casos graves

Saúde anunciou em coletiva que vai realizar aplicação em pessoas hospitalizadas por conta do coronavírus.

Foto: O Imparcial

O covid-19, popularmente conhecido como coronavírus, recebeu uma nova ferramenta no seu tratamento no Brasil. Em coletiva realizada nesta quarta-feira (25), o Ministério da Saúde anunciou o uso de hidroxicloroquina em casos graves, no qual pessoas necessitam ficar hospitalizadas.

Publicidade

Segundo informações do secretário de Ciência, Tecnologia e Insumos, Denizar Vianna, a nova ferramenta no combate à doença será específico e de curto prazo para disponibilizar “alguma alternativa” aos doentes de gravidade.

Vianna também revelou apresentar um protocolo, no qual o tratamento com o medicamento de casos graves durará cinco dias. “Sabemos que a letalidade deste grupo é muito alta, temos que oferecer alguma alternativa”, afirmou o secretário.

Publicidade

Os testes do medicamento em humanos ainda não foram iniciados e a aplicação será feita considerando pesquisas realizadas no passado. Segundo o Ministério, o remédio chamado de cloroquina é melhor opção de tratamento do covid-19 neste momento.

Publicidade

Em alerta, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, disse que hidroxicloroquina não pode ser aplicado em casa de forma irresponsável, sem uma avaliação médica. Segundo ele, o uso desse medicamento sem estar em um local seguro, como um hospital pode gerar complicações. “Deve ser feito em condições de segurança e acompanhamento médico, porque pode ter alterações no ritmo do coração”, afirmou.

Publicidade

Números de hoje sobre o Coronavírus no Brasil

Os números de mortos no Brasil subiram para 57; casos confirmados atingiu 2.433 nesta quarta.

Publicidade
Publicidade
Publicidade